Programa do Ministério do Turismo destina investimentos para Brasília, Cavalcante e Alto Paraíso.

Recursos serão utilizados para aprimoramento da infraestrutura, atração de investimentos e divulgação dos destinos.

A capital do País recebeu na última quinta-feira, 25, o seminário itinerante do Investe Turismo, programa promovido pelo Ministério do Turismo em parceria com a Embratur e o Sebrae. Além de Brasília, os municípios de Cavalcante e Alto Paraíso – que compõem a Chapada dos Veadeiros em Goiás -, receberão ações para desenvolver o turismo na região. Medidas como o incentivo aos investimentos em infraestrutura, apoio na comercialização dos destinos e auxílio no acesso a linhas de crédito e financiamento devem ser aplicadas na rota.

O secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do MTur, Aluizer Malab, destacou a importância do projeto para o setor em Brasília, principalmente neste novo momento em que o país vive. “Ao incrementar esse programa e a forma que ele está se desenhando, nós vamos ter uma surpresa muito grande. É uma iniciativa que veio para ficar e para unir todas as pontas do turismo brasileiro. O importante é que a gente entenda esse momento, aproveite e trabalhe a governança. O programa busca, acima de tudo, a construção de uma imagem do Brasil e isso precisa ser feito”, concluiu.

No lançamento, a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, agradeceu o apoio do Ministério do Turismo e destacou que a união do setor público e privado é essencial para alavancar o setor de Viagens não só no DF, mas em todo o Brasil. “O que nós estamos vivendo aqui hoje, para Brasília, é um momento único na nossa história. Para nós, o turismo pode sim transformar e virar a chave de um destino. Esse encontro de hoje irá ensinar para os governos locais e todo o Trade que juntos seremos mais fortes”, destacou.

Parceiro do Investe Turismo, o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Meles, pontuou uma das principais características da rota e a importância para o desenvolvimento do turismo na região. “Brasília é um local que tem muitos pontos que chamam a atenção. E o turismo é isso, tem a ver com as coisas que chamam a atenção, que dá vontade de ver”. Também presente no evento, o diretor do Sebrae-DF, Valdir Oliveira, complementou que isso só pode ser feito junto ao Trade da região. “Quanto mais a gente reconhecer no empresário o valor que ele tem e a disposição que ele tem, vamos ter uma economia forte e iremos combater o desemprego”, finalizou.

Capital Federal

Idealizada pelo urbanista Lúcio Costa, com ruas largas, quadras e setores, Brasília concentra os principais monumentos e atrativos criados pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Devido a isso, em 1987, a Unesco reconheceu a cidade como primeiro bem moderno do patrimônio mundial. Já em 2017, o órgão incluiu Brasília na Rede de Cidades Criativas, com o título de Cidade do Design.

Chapada

Situadas ao redor do Distrito Federal, os municípios de Cavalcante e Alto Paraíso são reconhecidos, principalmente, pelo ecoturismo, com trilhas, cânions e cachoeiras da Unidade de Conservação do Cerrado, que também é reconhecida pela Unesco como Patrimônio Natural Mundial. Os destinos ainda possuem grande biodiversidade e registraram recorde de turistas no ano passado. Além dos atrativos naturais, as duas cidades, onde se situa a Chapada dos Veadeiros, oferecem ampla estrutura turística aos visitantes.

Investimentos

O Ministério do Turismo tem destinado recursos para a infraestrutura turística no Distrito Federal. Desde 2003, ano da criação do órgão, a Pasta já destinou R$ 4,2 milhões para 10 projetos que contemplam desde a implantação de nova sinalização turística dos principais atrativos da capital até a reforma de praças. Além disso, o DF teve 1 Selo +Turismo no total de R$ 1,75 milhão para empreendedorismo, captação e promoção de investimento. Em todo o Distrito Federal, 1.491 prestadores de serviços turísticos já se encontram no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) do ministério.

fonte: jornalopcao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *